Arquivo de etiquetas: Buenos Aires

No 112º aniversário de Borges

Hoje é o 112º aniversário de Jorge Luis Borges. Para celebrar a data, poderia ter escolhido o conto “Tlön, Uqbar, Orbis Tertius”. Mas um blog sobre cidades também não ficará nada mal servido com “Fundación mítica de Buenos Aires” ditada pelo próprio:

Publicado em Uncategorized | Etiquetas | 1 Comentário

Café Majestic é o sexto mais bonito do mundo

O Café Majestic, no Porto, foi eleito o sexto café mais bonito do mundo. A distinção foi atribuída pelo site Ucityguides num “Top 10” que classifica, por ordem de beleza, aquele espaço portuense como “um dos mais atractivos” desde a … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , , , , | 2 Comentários

O Top "Party Cities" da Forbes

Ainda no outro dia vos falei da selecção  Forbes para o Top Ten das smart cities. Agora é a vez de uma listagem muito mais interessante, também da responsabilidade da mesma revista, o top das party cities: 1. Bangkok; 2. … Continuar a ler

Publicado em 1. Imprensa, Blogosfera e Web, 13. Cidades Criativas, 7. Cultura Urbana | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Em Buenos Aires há brigadas de limpeza dos sem-abrigo

Carla Baptista tem 30 anos, seis filhos à volta e outro na barriga. Vive nas ruas de Buenos Aires, e poucos reconheceriam o seu nome se não tivesse sido uma das vítimas da Unidade de Controlo do Espaço Público (UCEP), … Continuar a ler

Publicado em 1. Imprensa, Blogosfera e Web | Etiquetas | Publicar um comentário

Tango VS Fado

Desde ontem que o Tango passa a figurar como Património Imaterial da Humanidade. A comparação entre a candidatura do Tango e a candidatura do Fado é inevitável. A candidatura do Tango a Património Imaterial da Humanidade uniu os esforços de … Continuar a ler

Publicado em 3. Política e Cidadania, 4. Património e Centros Históricos, 7. Cultura Urbana | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Memória e Cidade

«Símbolo da ditadura argentina transformado num centro mundial dos direitos humanos» A reconversão das cidades não significa necessariamente abolir a memória. Cada geração molda a cidade, consoante a sua circunstância e esta não será, de certo, a última vida deste … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas | Publicar um comentário