Tondela: 10 milhões de investimento no centro histórico

Cidade transforma-se em estaleiro para fazerobras de regeneração urbana jamais vistas no concelho.

Objectivos, estratégia, estudos, projectos e candidaturas ao Programa “Mais Centro” resultaram na que é anunciada como a maior intervenção de sempre na regeneração urbana de Tondela. O investimento ronda os 10 milhões e vai muito para além do edificado.

O projecto de regeneração urbana do centro histórico de Tondela, com custos globais superiores a 10 milhões de euros, “culmina um longo e persistente percurso” na apresentação da candidatura municipal ao Programa “Mais Centro” do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

Chumbada numa primeira fase devido à “acesa disputa” por parte de cidades de dimensão semelhante, a candidatura da Câmara Municipal de Tondela (CMT) ao “Mais Centro” acabaria por ser aprovada em meados de 2009 após várias reformulações.

“Competimos com um conjunto de cidades, todas elas com mais de oito mil habitantes na área urbana, o que obrigou a que os investimentos só pudessem ser canalizados e centrados em termos de revitalização ou regeneração de núcleos históricos degradados ou a necessitar de ser dinamizados”, enfatiza José António de Jesus, vice-presidente da autarquia.

Museu Terras de Besteiros

A intervenção incide sobre o património edificado, desde a ampliação e requalificação dos Paços do Concelho até ao mercado municipal e feira semanal, com um conjunto de projectos que absorvem um terço do investimento previsto, mas o objectivo último vai muito mais além.

“Não fazia sentido olhar só para uma intervenção centrada apenas no edificado. A par da reabilitação dos imóveis, pretendemos recentrar estes espaços nas novas vivências urbanas. No fundo, estamos a alargar a cidade tornando-a novamente atractiva”, sublinha o também vereador do pelouro da Cultura.

O Museu Terra de Besteiros, em fase final de reabilitação, terá um discurso expositivo direccionado para a estratégia global do projecto de regeneração, ele próprio orientado para a criação de um nova e atractiva centralidade na zona histórica da urbe. “O museu é um elemento estratégico para esta região”, acrescenta o autarca.

A intervenção na requalificação de ruas, pracetas e largos obedece também ao mesmo objectivo de captação de pessoas. Neste domínio, o projecto contempla planos de comunicação e animação a desenvolver em parceria com a Associação Cultural e Recreativa de Tondela (ACERT) através de duas acções específicas: “A rua para mim, nós/eles” e “Ruas para a prosperidade”.

Anos à  espera da mudança

O território contemplado pelo projecto compreende todo o perÃímetro envolvente à Câmara Municipal até ao actual mercado. Inclui a requalificação da malha viária, mobiliário urbano e novas infra-estruturas ao nível das redes de águas pluviais, saneamento, telefones, fibra óptica, gás e electricidade. Neste caso, com o envolvimento directo dos respectivos operadores.

Em concertação com a Associação dos Comerciantes do Distrito de Viseu (ACDV) vai entrar em funcionamento um gabinete de apoio à  reabilitação interior e exterior de lojas.

“O gabinete faz parte do projecto e estará em condições de prestar aos empresários toda a ajuda. O facto de estarem inseridos na área de intervenção, irá majorar os eventuais apoios que tenham em sede de fundos comunitários”, conclui José António de Jesus. A intervenção nas habitações será o próximo desafio da autarquia.

Fonte – Jornal de Notícias

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 1. Imprensa, Blogosfera e Web, 12. Reabilitação Urbana com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s