Bacia do Ruhr, Capital Europeia da Cultura 2010, sacode fuligem e quer ser moderno pólo industrial

ruhr_2010_4c_dA Bacia do Ruhr, Capital Europeia da Cultura 2010, quer aproveitar este ensejo para mudar uma imagem caracterizada pela fuligem das minas de carvão e surgir como atractivo polo tecnológico-cultural.

A Bacia do Ruhr, Capital Europeia da Cultura 2010, quer aproveitar este ensejo para mudar uma imagem caracterizada pela fuligem das minas de carvão e surgir como atractivo polo tecnológico-cultural.

à cerimónia inaugural, no sábado, em Essen, nos terrenos da Zollverein, antiga mina de carvão transformada em museu industrial, será a primeira prova de fogo para os organizadores, que já disseram não temer as previsões de mau tempo.

“Com neve ou sem neve, não há plano B, agasalhem-se”, proclamou Fritz Pleitgen, director-geral do Ruhr 2010 — Capital da Cultura Europeia, deixando claro que o espectáculo, que contará com a actuação de cerca de 1500 artistas de vários géneros, será mesmo ao ar livre.

Fonte – Jornal Expresso

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 1. Imprensa, Blogosfera e Web, 13. Cidades Criativas com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s